Exportação argentina de biodiesel deve subir 30% no ano com redução de imposto

Publicado em 02/06/2014 08:29 1398 exibições

 A indústria de biodiesel da Argentina espera elevar em 30 por cento os embarques para o exterior este ano e voltar a ser o maior exportador de combustível, graças aos cortes de impostos que o governo aplicou para incentivar um setor em crise.

O Ministério das Finanças reduziu pela metade o imposto de exportação na semana passada para ajudar os produtores de biodiesel que enfrentaram dificuldades depois que a União Europeia (UE), seu principal cliente, restringiu as importações da Argentina no ano passado por alegada prática de dumping.

Leia a notícia na íntegra no site da Reuters.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário