E por falar em educação! Ciclos e resultados!

Publicado em 02/09/2008 13:27 848 exibições

1. Jogando no lixo -por oportunismo eleitoral- as políticas para as escolas
públicas de ensino fundamental de Anisio Teixeira, Paulo Freire e Darcy
Ribeiro, os candidatos de oposição ao prefeito do Rio ignoram as condições
das crianças/adolescentes pobres em suas casas (54% das famílias com renda
abaixo de 2SM o chefe é a Mulher/ violência doméstica/ violência no entorno/
ausência de infra-estrutura em casa/ impossibilidade de professor
particular/ alternativas desviantes, escola aberta a todos, não seletiva na
entrada...) e afirmam querer acabar com o sistema de progressão continuada.

2. O do PT é então o máximo da cara de pau. Ali mesmo em frente, em Niterói,
o sistema é esse. Em Belo Horizonte que exaltam tanto, idem. E assim por
diante. Molon mente para tentar ganhar uns votinhos. Os demais tentam iludir
as famílias mais pobres para ganhar uns votinhos. Triste retrato da política
excludente que propõem.

3. Aplique-se o sistema seletivo na entrada e durante o curso aos alunos da
escola pública, na mesma forma que é aplicado nas melhores escolas privadas
de alta classe média e teremos com resultante dezenas de milhares de
crianças/adolescentes nas ruas e sem a alternativa -por falta de renda- de
ir para uma escola privada baratinha e levinha. Para o Dudu Riquinho,
Jandira Niterói, etc... tanto faz.

4. Mas chequemos o resultado da rede -a maior rede municipal de ensino
fundamental do mundo todo- de 1.061 escolas e mais de 700 mil alunos, no
IDEB publicado semanas atrás, relativo a 2007.

5. No primeiro segmento, quarta série, a rede da Prefeitura do Rio com 4,5
foi a quarta entre as Capitais dos Estados, ficando atrás apenas de Campo
Grande, Curitiba e Florianópolis, vencendo cidades como Belo Horizonte, S.
Paulo e Porto Alegre.

6. No segundo segmento, oitava série, foi terceiro lugar. Na verdade
segundo, pois em primeiro lugar empataram Campo Grande e Boa Vista. O Rio
entre as capitais venceu no IDEB, Curitiba, Belo Horizonte, S. Paulo, Porto
Alegre...

7. Se o Rio entre 26 capitais, na avaliação do ministério da educação, ocupa
o quarto e segundo/terceiro lugares no ensino fundamental, o que querem os
oportunistas? O sistema adotado está mais que aprovado, educacional,
pedagógica e socialmente. O resto é demagogia vil de quem olha para os mais
carentes com desprezo, escolhendo o caminho da exclusão pela escola e não o
da inclusão definitiva pela mesma escola.

8. Anisio Teixeira, Paulo Freire e Darcy Ribeiro VIVEM!


SÓ DOIS PITACOS NOS PROGRAMAS ELEITORAIS!

1. Jandira -em close- sofrendo, sofrendo, discorrendo sobre seu currículo,
falando mal de tudo, sofrendo, sofrendo. Água de ladeira abaixo: não tem
mais jeito. Vai terminar como em 2004. Sofrendo, sofrendo...

2. Este Ex-Blog protesta pela penúria que o PT deixou o Molon. Voltou a sua
fala de apresentação do primeiro programa e agregou aqueles quadros que os
ministros do PT gravam para os candidatos de PT que precisam de apoio. Bem
que o Dudu Riquinho poderia dar um dinheirinho para o programa do Molon.


UMA DICA AOS CANDIDATOS A PREFEITO DO RIO!

1. A TV, à noite, atinge a uns 60% das residências que tem TV. As pessoas
fazem outras coisas também. Além disso, o programa eleitoral atinge quando
tanto, a 10% das pessoas ou menos na TVG. Os comerciais atingem bem mais,
embora mais por exposição bem feita, que por comunicação.

2. Mas há outro problema. Em regiões da cidade como AP-5, na AP3.3 e nas
favelas onde a proporção de evangélicos é muito grande -uns 35%- as demais
TVs têm uma audiência bem maior que suas médias, o que afeta a visibilidade
dos comerciais. Como se sabe as demais TVs transmitem as campanhas de outros
municípios metropolitanos.

3. Desta forma os candidatos que ficaram esperando a TV para aparecer foram
prejudicados. Por isso tudo, é fundamental a comunicação direta
-especialmente- naquelas áreas. A proporção dos eleitores que decidiram seu
voto para valer, não chega a 25%. Ainda há tempo de sobra, nestes 30 dias de
campanha, quando o eleitor sai da intenção e entra na decisão de voto.


POR QUE SERÁ???

Até sexta-feira os programas eleitorais dos candidatos de oposição -à
Prefeitura do Rio- enfatizavam suas propostas. Ontem enfatizaram suas
críticas. Por que será? Se enfatizassem suas propostas é porque estariam
disputando entre si. Enfatizando suas críticas é porque sabem que disputam
-para valer- contra Solange-25- a candidata de continuidade do Prefeito do
Rio.


PMDB E MARACANÃ: TUDO A VER! E O SECRETÁRIO É CANDIDATO!

RJ-TV-2!
Maracanã: entrada sem bilhete; ingressos proibidos à venda

O repórter cinematográfico Júnior Alves foi ao Maracanã com uma microcâmera
tentar registrar flagrantes de venda ilegal de ingressos. Ele foi abordado
por um cambista que dizia ter um novo esquema para entrar no jogo: Cambista
- Eu boto você lá dentro por 20 “merreis” (R$ 20).

RJTV - Mas sem ingresso?
Cambista – Não. O meu, eu faço. O meu, deixa comigo. Então, os dois seguiram
para o setor das cadeiras azuis. O cambista falou com uma mulher, que estava
ao lado das roletas. Ela perguntou o nome do cinegrafista do RJTV e anotou
em um papel. Depois disso, os dois passaram pela roleta e entraram no
estádio. O cambista recebeu o pagamento e se identificou como Seu Edésio.
Ele ofereceu os “serviços” para outros jogos.


SERÁ QUE O SAMEK NÃO VAI PROCESSAR O ABC COLOR POR CALÚNIA E DIFAMAÇÃO?

Essa matéria publicada 01/09 no principal jornal do Paraguai dizendo que
novo escândalo envolve o Diretor de Itaipu, Samek, amigo íntimo de Lula! Vai
ficar por isso mesmo, ou o jornal será processado?

Samek benefició con negocio de US$ 16 millones a su profesor

Itaipú utilizó a la Secretaría del Ambiente para otorgar en forma directa un
proyecto medioambiental de unos 16 millones de dólares a un consorcio que
tiene entre sus directivos al profesor del director brasileño de Itaipú,
Jorge Samek. El proyecto consistió en una supuesta “gestión integrada” en
las microcuencas del río Carapá. El director brasileño de Itaipú, Ing. Agr.
Jorge Miguel Samek, nunca le habrá llevado una rosa a su profesor de
ingeniería forestal de la Universidad Federal de Paraná (UFPR), Joaquim
Severino. Pero le entregó un proyecto medioambiental de casi 16 millones de
dólares para “distraerse en las microcuencas de las aguas del Carapá.
Documentos, fotos, planillas y hasta facsimilares extraídos de websites
complican seriamente a todos ellos.

 

Fonte: Blog do Cesar Maia

Tags:
Fonte:
Blog do Cesar Maia

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário