Expectativa de desemprego e avaliação dos governos!

Publicado em 18/11/2008 14:42 735 exibições
1. Na campanha presidencial argentina em que Meném venceu Bordón, hoje
embaixador da Argentina junto a OEA, os analistas demonstraram um equívoco,
até ali pouco claro, na comunicação eleitoral em tempo de crise e
desemprego. Bordón, que surpreendia no processo eleitoral e apontava para um
segundo turno, concentrava sua campanha em mensagens aos desempregados.

2. A taxa de desemprego, mais alta ou mais baixa, não é um fator
politicamente decisivo. O fundamental é se esta taxa está parada, se sobe ou
se desce. Na medida em que esteja estacionada, a comunicação aos
desempregados se dirige apenas a eles e estará sempre falando a minorias.

3. Na medida em que esta taxa esteja decrescendo, a comunicação a eles é
inócua, pois estará falando a quem tem expectativa de conseguir emprego e
não atinge os que estão empregados e se sentem seguros.

4. Mas quando a taxa de desemprego é crescente, o quadro é diferente. Outra
vez os desempregados são uma minoria. Mas os que estão empregados e sentem o
desemprego se aproximando quando um colega fica desempregado, ou um parente,
ou um vizinho ou amigo, a taxa de insegurança chega a proporções crescentes
dos empregados.

5. Desta forma a comunicação política dirigida aos empregados mostrando o
risco que correm passa a ter um impacto muito grande pela realidade que
espelha.

6. É essa a questão central nos próximos meses que vai dar sustentabilidade
a aprovação do presidente e governadores, ou desgastá-los. Os programas
compensatórios em geral atingem focalizadamente a base da sociedade, mas não
resolve a equação política.

7. É essa dinâmica que deve ser acompanhada pelos analistas, pelos políticos
e pelos governos e que pode alterar o quadro político atual.


VIDIGAL: "ALEMÃO" COMPRA TODAS AS CASAS NO ENTORNO DO MIRANTE COM VISTA PARA
LAGOA, LEBLON E IPANEMA!

Na semana passada, 40 arquitetos franceses, guiados por duas técnicas da
Prefeitura do Rio, visitaram o Morro do Vidigal e as intervenções do
Favela-Bairro. Tiveram uma excelente impressão. Na visita, as técnicas foram
informadas pela associação de moradores que um "alemão" comprou todas as
casas que ficam no entorno do mirante com vista impactante para a Lagoa e as
Praias do Leblon e Ipanema... Um caso para se avaliar, sem preliminares. A
associação reagiu bem ao fato.


CRESCE INADIMPLÊNCIA! ACSP DIZ QUE AINDA NÃO É REFLEXO DA CRISE! E QUANDO
FOR?

Estado de SP
Inadimplência cresce neste mês e vai a 13,8%

A inadimplência do consumidor já começa a dar sinais de aceleração. Na
primeira quinzena deste mês, o número de créditos em geral com parcelas em
atraso acima de 30 dias cresceu 13,8% na comparação com igual período de
2007, segundo pesquisa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). O índice
de novembro aumentou 1,1 ponto porcentual em relação ao de outubro (12,7%).
O ritmo de renegociação das dívidas em atraso aumentou 12,1%na primeira
quinzena deste mês na comparação anual. Segundo a ACSP, a alta da
inadimplência reflete o excesso de endividamento ocorrido nos últimos meses
e não se deve ainda ao impacto da crise financeira internacional. Para
entidade, "a inadimplência está controlada num patamar mais elevado".


CAI A VENDA DE CARROS USADOS!

Sindicato do Comércio Varejista de Veículos Usados no Estado de São Paulo

Em outubro, as estimativas apontam para um total de 163.321 negócios
realizados pelas Revendas Independentes do Estado de São Paulo. Esse número
representa uma REDUÇÃO igual a -13,65% em relação ao mês de setembro de
2008, quando foram estimados 189.145 negócios. 49% dos negócios foram
financiados em outubro, contra 82% em setembro. Carros, em média,
desvalorizaram –0,66% no mês de outubro. Carros populares desvalorizaram
-0,18%, Importados desvalorizaram -1,02%, carros somente a álcool
desvalorizaram -0,60%, e carros tipo FLEX desvalorizaram -0,71%.


DESPENCAM OS NÚMEROS DE PRISÕES E DE APREENSÕES DE MENORES INFRATORES!

Entre 2004 e 2008 a queda foi de 56% na Capital e 53% no Estado. De 139,8
por cem mil para 58,5 por cem mil na Capital e de 139,5 por cem mil para
50,7 por cem mil no Estado.

Clique abaixo e conheça os dados.
https://docs.google.com/Doc?id=dckxqdd3_112gv4t6cdk


DIMINUI A EFICIÊNCIA DA SEGURANÇA PÚBLICA NO ESTADO DO RIO!

1. Os pesquisadores, em seus estudos, analisam os elementos cuja correlação
possa explicar a melhoria ou piora da criminalidade. As conclusões são
muitas. Mas duas são unanimidade e aparecem em todos os estudos: apreensões
de drogas e armas e prisões. Recentemente foi essa a explicação dada para a
queda dos homicídios dolosos em SP.

2. No entanto, no Estado do Rio esses indicadores mostram caminho inverso.
Provavelmente porque o foco em identificar paióis de armas e depósitos de
drogas tenha dado à segurança pública uma presença mais capilar. Ao
comemorarem uma apreensão de armas e drogas se esquecem de outras áreas em
função da focalização unilateral, então os criminosos se sentem soltos e a
criminalidade avança. Prova disso são os dados de roubos, furtos e roubos a
transeuntes.

EXTRA.

Estatísticas do Instituto de Segurança Pública (ISP) revelam que a
quantidade de drogas e armas apreendidas pela Polícia Militar no Rio vem
caindo desde 2006. De acordo com as estatísticas, em número de armas, a
queda nas apreensões foi de 17,43%, de 2006 para 2007. Já em ocorrências com
drogas, a redução foi menor, de 7,49%. Se usados os números da PM somado aos
da Polícia Civil, a comparação dos primeiros sete meses de 2008 com os de
2007 mostram redução de 36% em apreensão de armas e 35% em drogas.


CONHEÇA A ÍNTEGRA DO ACORDO BI-LATERAL ENTRE BRASIL E VATICANO!

Assinado no dia 13 de dezembro pelo presidente Lula e o Papa.

Clique abaixo e conheça.
https://docs.google.com/Doc?id=dckxqdd3_1112r5s57m7


CRISE LEVA A MILHARES DE DEMISSÕES NA IMPRENSA BRITÂNICA!

AFP- Site Comunique-se -17/11
Crise já afeta mídia britânica, que anuncia 2.300 demissões

Os grupos de mídia britânicos anunciaram, em uma semana, a demissão 2.300
pessoas para os próximos dias. A mais atingida até agora tem sido a imprensa
escrita. As rádios e TVs também não escapam da crise e prevêem milhares de
cortes, sobretudo a BBC (3000), ITV (1000) e Channel 4 (150). Maior grupo de
imprensa britânico, com cinco jornais e 150 títulos regionias, o Trinity
Mirror teve uma baixa de 46% das receitas provenientes de anúncios
publicitários. O grupo Daily Mail (DMGT) deve divulgar esta semana um plano
de economia de 38 milhões de euros, cortando até 300 empregos,
principalmente em Londres (Evening Standard e Metro).


BOLSAS DA ÁSIA CONTINUAM EM FORTE QUEDA HOJE! AS DA EUROPA ABREM EM BAIXA!

Clarin/El País
Fuertes bajas en las bolsas de Asia

Los descensos más importantes fueron: Tokio -2,28 por ciento, Hong Kong
-4,54% y Shanghai -6,31%. Los mercados europeos también operan con pérdidas
generalizadas en sus cotizaciones a media rueda.



En Europa, tras el descalabro que han registrado de madrugada las plazas
asiáticos, los principales indicadores también cotizaban a la baja, aunque
con menos intensidad que en el caso de España. A la misma hora, Londres caía
un 0,9%, Francfort un 0,4%, París un 0,2% y Milán un 0,6%.



Fonte: Blog do Cesar Maia


Tags:
Fonte:
Blog do Cesar Maia

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário