RS já garantiu contratos de R$ 90 mi para irrigação, este ano

Publicado em 23/12/2008 16:44 808 exibições

É o seguinte:

- Quando o atual governo gaúcho criou a secretaria de Irrigação e entregou o comando ao agrônomo Rogério Porto, alguns deputados da oposição, do PT, sobretudo o deputado Elvino Bohn Gass, resolveu fazer graça e zombou do Piratini. O PT queria mudar o nome do programa de Programa Estadual de Irrigação para Programa Estadual de Açudagem, criado há apenas dois meses. Uma molecagem.

. É programa apenas de açudagem o investimento de R$ 46 milhões que o governo fará na Granja Taquarembó, Dom Pedrito,  uma barragem que permitirá irrigar 35 mil hectares, cujo contrato foi assinado na quinta-feira com a Odebrecht ? Ora. E o contrato de R$ 48 milhões, assinado há duas semanas conm a Sultepa para Jaguari, onde a barragem permitirá irrigar 354 mil hectares.

. Tem mais: neste caso, sim, todos 100 açudes e 350 cisternas cujos projetos foram analisados e recomendados pela Emater este ano, foram todos contratados pela secretaria de Irrigação, ao custo de R$ 7 milhões.

. O problema da irregularidade das chuvas é uma tragédia no RS. Pode não parecer, mas é, sim, de verdade. Aí vão apenas dois cenários terríveis que já aconteceram e são exemplares (os números são dos últimos 10 anos de variação climática no RS):

1) Nos meses de janeiro e fevereiro, o clima foi pior do que o ocorrido no interior do Nordeste.
2) Em dezembro e janeiro, o clima foi igual ao semi-árido de Minas Gerais.

. Nestes dois últimos meses, a irregularidade de chuvas já ocasionou perdas fantásticas para as safras de milho e soja.

. “Extraordinário, no RS, é quando chove”, avisou o secretário Rogério Porto ao editor desta página, neste final de semana.

. Com base em estudos que sua equipe e ele mesmo realizam há quase dois anos, o governo estadual concluiu que nos últimos 31 anos, apenas em função do clima, o RS perdeu US$ 55 bilhões por frustrações das suas safras de soja e milho. Isto ocorre de novo nesta atual safra.

. O governo começou um programa que visa ampliar de 1,3 milhão de hectares (38% da área total atual) para 1,9 milhão de hectares, em quatro anos, o total de área irrigada do RS. O investimento irá a US$ 1,8 bilhão, 40% dos quais do governo gaúcho.

. O  custo por hectare irrigado no RS é de US$ 3 mil, contra US$ 6 mil no Nordeste.


Fonte: Blog do Polibio Braga

Tags:
Fonte:
Blog do Polibio Braga

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário