Comitê Veterinário do Mercosul acompanhará vacinação contra febre aftosa no Paraguai

Publicado em 10/02/2012 15:37 534 exibições
Grupo estabeleceu prazos, responsabilidades e atividades a serem desenvolvidas no país em 2012 e 2013.
O Paraguai atenderá plenamente as medidas apontadas pela missão técnica do Comitê Veterinário Permanente do Mercosul (CVP) que visitou o país recentemente. A resolução foi definida durante a primeira Reunião Ordinária do CVP, realizada nos dias 8 e 9 de fevereiro, em Assunção, no Paraguai.

O grupo estabeleceu prazos, responsabilidades e atividades a serem desenvolvidas ao longo de 2012 e 2013. A principal delas será o reforço na vacinação contra febre aftosa no Paraguai, que iniciou no dia 1º de fevereiro e se estenderá até 2 de março. O trabalho será acompanhado por dois profissionais dos países integrantes do CVP, que se revezarão no serviço até a conclusão da operação.

Entre as outras sugestões do documento, estão o monitoramento e a realização de inspeção clínica no departamento de São Pedro – onde foram identificados os dois casos recentes da doença – para evitar a disseminação da enfermidade. O Comitê também destacou a importância do papel dos laboratórios, que deverão fazer um estudo do tipo, origem e possível vínculo do agente com os casos anteriores. O Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (Panaftosa) apoiará as ações.

Durante o encontro, foram debatidos ainda a fiscalização no trânsito de animais e medidas de controle para evitar a entrada do vírus Schmallenberg na América do Sul. O agente apareceu recentemente na Europa (Alemanha, Holanda. Bélgica, Franca e Reino Unido) e pode ser trazido para o continente por meio da importação de bovinos e ovinos vivos para fins comerciais.

Tags:
Fonte:
Mapa

0 comentário