Bovinocultura de Corte: Abate em janeiro avança e a fêmea é o destaque

Publicado em 06/03/2012 10:01 636 exibições
AINDA MAIS FÊMEAS NO GANCHO: Segundo dados do Indea, o abate total de bovinos em Mato Grosso passou de 429,1 mil cabeças em dezembro para 464,1 mil cabeças em janeiro deste ano, obtendo um aumento de 8,1% em relação ao mês anterior. A continuidade deste crescimento do ritmo dos abates nos frigoríficos do Estado só foi possível graças ao aumento do abate de fêmeas. O rebanho abatido destas somou 235,9 mil cabeças, o maior já registrado desde março de 2007. Com isso, a participação de fêmeas nas escalas de abate evoluiu de 46,2% em dezembro para 50,8% em janeiro de 2012, um aumento de 4,6 pontos percentuais em um mês, e ainda uma elevação de 9,2 pontos percentuais se comparado ao mês de janeiro de 2011, quando as fêmeas representavam 41,6% das escalas. A busca dos compradores dos frigoríficos por fêmeas supriu a demanda da matéria-prima nas indústrias, além disso, a arroba da vaca gorda valorizou-se em relação ao preço pago pelo boi gordo em Mato Grosso, com o diferencial entre os preços dos dois caindo para 7,5% em março, contra um diferencial de 11,8% encontrado no mesmo mês do ano passado.

Clique aqui e confira a análise na íntegra.

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário