Oferta de boiadas melhorou em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul

Publicado em 14/01/2013 09:50 541 exibições
Segundo levantamento da Scot Consultoria, nesta sexta-feira (11/1), em São Paulo, a referência para o animal terminado fechou em R$97,00/@, à vista, e R$98,00/@, a prazo. Como é típico para o dia, havia tentativas de baixa.

Boa parte dos frigoríficos paulistas sentiu dificuldade de compra, mas aos poucos as programações de abate evoluem.

As escalas estão mais heterogêneas, quando comparadas ao início da última semana e atendem, em média, quatro dias úteis.

A oferta de boiadas melhorou em algumas praças, como em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.

Ao contrário do cenário do Rio Grande do Sul, onde a oferta está enxuta devido à má qualidade das pastagens nativas.

No atacado de carne com osso, as cotações ficaram estáveis, porém, foram verificados negócios pontuais abaixo das referências.

A tendência para o curto prazo é que a oferta do produto aumente. Isto ocorre paralelamente à demanda mais calma de meados de janeiro.
Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário