Boi: Oferta de carne aumenta, preços caem, mas margem da indústria segue boa

Publicado em 04/02/2013 09:38
584 exibições
Os abates estão aumentando de forma gradativa, embora os frigoríficos ainda encontrem dificuldade para alongar as escalas, já que o pecuarista dificulta a entrega de boiadas, à procura de preços melhores.

As margens boas para as indústrias acabam incentivando a intensificação da produção de carne. A diferença entre o Equivalente Scot Desossa, que apura a venda de carne sem osso, couro, sebo, miúdos e subprodutos, e o valor pago pela arroba está em 27,4%, cinco pontos percentuais acima do mesmo período de 2012.

Porém, isto tem feito os preços da carne sem osso caírem. Os estoques das indústrias aumentaram e as vendas de final de mês não evoluíram da mesma forma.

No acumulado dos últimos sete dias houve queda de 1,5%, em média, nos preços dos cortes. É a segunda semana seguida de desvalorizações.

O escoamento de carnes de traseiro está melhor. Os varejistas estão se abastecendo para o início do mês, quando a população está mais capitalizada e o consumo de cortes nobres é melhor.
Tags:
Fonte Scot Consultoria

Nenhum comentário