Abate de fêmeas produz queda de 2% no rebanho de Mato Grosso

Publicado em 11/03/2013 11:34 388 exibições
A pecuária de Mato Grosso fechou o ano de 2012 com custos de produção superiores aos preços pagos pela arroba do boi. Este é um dos motivos que está levando o criador mato-grossense a matar as fêmeas e, consequentemente diminuir o rebanho do estado. A média de redução tem atingido cerca de 2% ao ano.
O superintendente da Associação de Criadores do Estado de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vacari explica que nos últimos 12 meses o preço da arroba do boi teve uma redução de 9%. "Neste mesmo período o custo de produção aumentou em média 5%. Ninguém consegue fazer melhoramento genético e aplicar novas tecnologias sem renda".

Confira a notícia na íntegra no site do Agrodebate
Tags:
Fonte:
Agrodebate

0 comentário