Sanidade do rebanho pode interferir no aumento das exportações

Publicado em 13/03/2013 15:42 438 exibições
Sanidade foi um dos assuntos abordados nesta quarta-feira (13), no Circuito Feicorte, que acontece até amanhã (14) no Centro de Eventos Pantanal. Este pode ser o principal entrave para que Mato Grosso continue aumentando as exportações.  A saúde do rebanho também preocupa os  pecuaristas que reclamam da falta de estrutura do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea).
  
Produtor em Acorizal, a 59 quilômetros de Cuiabá, Luis Carlos Meister acrescenta que a fiscalização nos 700 quilômetros da fronteira entre Mato Grosso e Bolívia é uma ameaça grave e constante à sanidade do rebanho mato-grossense.  "Um só caso de febre aftosa compromete toda a cadeia produtiva. O mercado brasileiro está ameaçado".

Confira a notícia na íntegra no site do Agrodebate
Tags:
Fonte:
Agrodebate

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário