Boi: Melhora nas negociações no mercado de reposição em alguns estados

Publicado em 22/03/2013 09:37 395 exibições
A demanda teve melhora em algumas praças, como em Mato Grosso do Sul, mas a disponibilidade está curta.

Houve valorização de 2,5%, na média de todas as categorias pesquisadas no estado. Há procura maior por animais machos de todas as idades.

O boi magro está cotado em R$1.170,00/cabeça, alta de 2,6% em relação ao preço da semana passada, de R$1.140,00/cabeça.

Esta valorização é devido à maior demanda por animais próximos à terminação, com intenção de engorda em confinamento. Situação semelhante ocorre em São Paulo.

No restante das praças do Brasil Central, a tônica do mercado foi de poucos negócios devido ao mercado do boi gordo em ritmo lento.

Na Bahia ocorreram novos recuos nas cotações. Nesta semana, a queda foi de 2,8%, na média de todas as categorias pesquisadas.

A situação ruim das pastagens, em decorrência da seca no estado, tem feito com que a oferta de animais aumente e a demanda diminua.

No Rio Grande do Sul aconteceram novas altas na cotação dos bezerros desmamados (5,[email protected]), com a categoria cotada em R$660,00/cabeça, 3,1% mais que semana passada.

Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário