Em Santa Catarina, boi magro teve valorização de 9,1% em um ano

Publicado em 30/08/2013 09:36
647 exibições

Poucos negócios ocorrem no mercado de reposição em Santa Catarina. A maior movimentação tipicamente ocorre no início da utilização das pastagens de inverno, entre maio e junho.

Além disso, a temporada de maior oferta de bezerros termina em junho, limitando os negócios com esta categoria.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, todos as categorias de animais para reposição ficaram mais caros, com destaque para o boi magro (12,[email protected]). A cotação passou de R$1.182,00 para R$1.290,00 no período, alta de 9,1%.

Apesar disso, a arroba do boi gordo teve valorização superior, aumentando o poder de compra do pecuarista. Atualmente compra-se 1,38 boi magro com a venda de um boi gordo (16,[email protected]) no estado. É a maior relação de troca em um ano.

Tags:
Fonte: Scot Consultoria

Nenhum comentário