Boi: Com baixa oferta, preços seguem firmes

Publicado em 06/02/2014 09:12 e atualizado em 06/02/2014 10:36 544 exibições

O ritmo de negócios envolvendo boi gordo segue lento. Operadores consultados pelo Cepea continuam relatando um mercado de oferta restrita. A falta de chuva e o forte calor verificados em grande parte do Brasil desde o fim do ano passado prejudicam o desenvolvimento das pastagens, dificultando a engorda de animais que seriam abatidos neste início de 2014.

Com isso, mesmo neste período tradicionalmente considerado “entrada de safra”, a oferta de bois se mantém relativamente baixa e os preços, firmes, contrariando expectativas de operadores que aguardavam o movimento típico para o período em outros anos.

Nessa quarta-feira, 5, o Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa (estado de São Paulo) fechou a R$ 115,49, alta de 0,4% em relação à quarta anterior. 

Toneladas de carne e dólares

carne

A boa notícia da balança brasileira

Em tempos de avalanche de más notícias na área econômica, cumpre-se aqui a função de dar algum alento – ou seja, uma boa notícia: será anunciado ainda hoje que as exportações de carnesubiram 17,5% em janeiro, em comparação com o mesmo período do ano passado. Um total de 105 500 toneladas, que renderam aos exportadores brasileiros 462 milhões de dólares.

Por Lauro Jardim

Tags:
Fonte:
Cepea + Lauro Jardim, de Veja

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário