Boi MT: Preços refletem desequilíbrio entre oferta e demanda

Publicado em 29/04/2014 10:13 647 exibições

A existência de um desequilíbrio entre a oferta e demanda da carne bovina no mercado é notória e os preços já refletiam isso, atingiram recordes nominais e reais, além de aliviar as margens - há tempos apertadas - dos bovinocultores de corte. Em números, o ano de 2014 trouxe um primeiro trimestre excepcional para uma parte da cadeia da carne bovina, apresentando recordes para as exportações no período dos três primeiros meses de um ano e quedas, mesmo que os volumes continuem altos, no envio de animais ao gancho. Logo, é visível que a máxima da economia chamada demanda está atuando mais fortemente, porém isso não é para sempre e os sinais de alerta merecem atenção dos atores do mercado do boi gordo. Isso é verdade porque, analisando-se as indicações do preço futuro para outubro/14, na Bolsa de São Paulo, e descontando-se a base (13,46%), esperam-se preços 5,35% inferiores na entressafra. Portanto, o momento é positivo, algumas decisões para o futuro estão sendo tomadas com os cenários de hoje, mas outras importantes decisões, como, por exemplo, a proteção contra o risco de preço, devem entrar no radar dos bovinocultores de corte do Estado.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário