Boi MT: Reposição de bezerros está complicada por conta das altas cotações

Publicado em 08/07/2014 09:02 469 exibições

Como é sabido, a reposição de bezerros está mais complicada em virtude das altas cotações do jovem animal. Entretanto, é necessário lembrar que durante um bom tempo o criador não estava sendo remunerado da maneira que sua atividade - a mais importante da bovinocultura de corte - merece. Uma forma de se analisar isso é através do ágio do bezerro, ou seja, o quanto a arroba do bezerro é mais valorizada que a arroba do boi. Nesse caso, o ágio histórico dos preços reais é de 21,37%. O número por si só não diz muita coisa, ele serve para balizar, para se saber como está, porém, ao ver o comportamento do indicador ao longo dos anos é revelado exatamente o que foi dito linhas acima, deixando claro que são poucos os momentos em que o ágio do bezerro ultrapassa a média histórica em Mato Grosso. Hoje está acima, se vive um momento bom para cria, com o preço do jovem animal chegando aos patamares que ele deve estar, o que deve trazer à tona o desejo de produzir bezerros aqui em Mato Grosso.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário