Boi: Menor oferta sustenta preços da arroba e da carne

Publicado em 07/08/2014 10:24 e atualizado em 28/02/2020 11:03 447 exibições

A pressão nos preços no mercado bovino que predominava nas últimas semanas perdeu a força neste início de agosto. Para o boi gordo, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (estado de São Paulo) fechou na média de R$ 119,71 nessa quarta-feira, 6, alta de 0,97% em relação à quarta anterior, 30 de julho. De modo geral, a oferta de animais segue restrita, o que tem dado suporte às cotações. Do lado da demanda, grande parte dos colaboradores relata um cenário de dificuldade para compra de animais para abate. Segundo pesquisadores do Cepea, as aquisições feitas antecipadamente para entrega atual, no entanto, têm possibilitado que parte das empresas fechem apenas pequenos volumes, para completar as escalas. No mercado atacadista da carne com osso, as variações de preços também foram positivas nos últimos dias. Além do período de início de mês, quando normalmente o consumo aumenta (recebimento de salários) e da oferta relativamente reduzida, segundo alguns operadores do segmento, a proximidade do Dia dos Pais vem contribuindo para aquecer as vendas.

Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário