Produtores rurais da região Planalto de MS tem até domingo para vacinar o rebanho contra febre aftosa

Publicado em 27/11/2014 09:36 30 exibições

Os produtores rurais do Planalto de Mato Grosso do Sul precisam ficar atentos ao calendário de vacinação contra febre aftosa, pois o prazo da etapa novembro encerra-se neste domingo (30). O alerta é da Famasul - Federação da Agricultura e Pecuária de MS . A estimativa é que 7,2 milhões de bovinos entre 0 e 24 meses de idade sejam vacinados nessa região.  Na região de Fronteira (antiga zona de Alta Vigilância), esta segunda fase começou no dia 1º de outubro e terminou no dia 15 de novembro. Já no Pantanal, o prazo vai até 15 de dezembro (veja a tabela abaixo).
 
De acordo com os dados da Iagro - Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal, a imunização é obrigatória e o produtor tem até 15 dias após o término da campanha para fazer a declaração de vacina no site da Iagro – Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal:  http://www.iagro.ms.gov.br/.
 
Desde 2008, o Planalto e o Pantanal apresentam status de área livre de febre aftosa com vacinação, segundo a Organização Internacional de Saúde Animal (OIE). Já na fronteira, a condição foi restabelecida em 2011. Segundo a Famasul, a conquista é fruto do trabalho realizado pelos produtores rurais, em conjunto com os órgãos públicos e privados.
 
O índice de cobertura vacinal de Mato Grosso do Sul é de aproximadamente 98%. O diretor-secretário do Sistema Famasul, Ruy Fachini, credita este percentual ao comprometimento dos produtores rurais. “Ao longo dos anos, os produtores vacinaram seus rebanhos de acordo com o calendário estabelecido pelo serviço veterinário oficial. O que favorece para que Mato Grosso do Sul se mantenha como importante exportador de carne bovina", destacou.

Tags:
Fonte:
Famasul

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário