Boi: Melhora no poder de compra do invernista

Publicado em 20/05/2016 07:45
232 exibições

O mercado de reposição está lento, consequência da baixa movimentação no mercado do boi gordo e do receio dos pecuaristas em fechar as compras nos valores vigentes da reposição.

Não houve grandes alterações de preços nesta semana. Na média geral do levantamento, considerando todas as categorias de machos anelorados e estados pesquisados, a variação de preços foi negativa em 0,3%.

Com a proximidade do confinamento, fica a expectativa quanto aos preços das categorias mais eradas.

O boi magro ([email protected]) e garrote (9,[email protected]) apresentaram queda de 0,4% e 0,3%, respectivamente, nesta semana. Em São Paulo, as categorias estão cotadas em R$2.020,00 e R$1.800,00 por cabeça, na mesma ordem.

Desde o início do ano, no estado, o boi magro apresentou aumento de 0,5%. Enquanto isso, o boi gordo teve alta de 3,7%, o que resultou em melhora no poder de compra do invernista.

Atualmente são necessárias 13,03 arrobas de boi gordo para a compra de uma cabeça de boi magro, valor 2,4% menor quando comparado a dezembro de 2015, quando eram necessárias 13,35 arrobas de boi gordo, sendo esta última uma das piores relações de troca da série histórica, que tem início em 1996.

Tags:
Fonte: Scot Consultoria

Nenhum comentário