Reposição: relação de troca abaixo da média anual em Goiás

Publicado em 12/12/2018 08:26
82 exibições

Na comparação com novembro, as valorizações do boi gordo não estão andando na mesma velocidade das cotações dos animais de reposição, principalmente de categorias mais jovens.

Na média, o preço do bezerro desmamado e de ano em Goiás subiu 2,5% nos últimos 30 dias, dos animais mais erados (boi magro e garrote) 0,7%, nas mesmas condições. E a cotação da arroba acumula alta de 1,0% desde o início de novembro.

Com isso, na comparação com os últimos 30 dias, a relação de troca está menos atrativa para o pecuarista, inclusive, para todas as categorias, a troca está abaixo da média anual. 

Mas para os próximos dias é possível que o poder de compra do pecuarista goiano melhore.

O volume de chuvas acumulado em novembro foi de 350mm em algumas áreas da região Sul do estado, diferente de 2017, quando em algumas áreas de Goiás chegaram a somar apenas 100mm de precipitação.

Esses bons volumes de chuva nesta temporada favorecem o desenvolvimento das pastagens, e por consequência a capacidade de suporte, permitindo retenção pelo vendedor e gerando demanda do comprador.

Tags:
Fonte: Scot Consultoria

0 comentário