Melhora do poder de compra do recriador e invernista no Maranhão

Publicado em 27/12/2018 08:49
29 exibições

De julho até aqui, as cotações da arroba do boi gordo no Maranhão subiram mais do que as cotações de todas as categorias de machos de reposição. 

Para se ter uma ideia, no período a valorização do boi gordo foi de 8,7%, já a valorização do garrote, categoria que teve a maior alta no período, foi de 6,2%. 

Diante disso, o poder de compra do recriador e invernista no segundo semestre melhorou frente a todas as categorias. 

Em julho, por exemplo, comprava-se 1,81 bezerro de doze meses (7,[email protected]), anelorado com a venda de um boi gordo com 16,5 arrobas. Atualmente, compra-se com a mesma relação 1,91 bezerro. Melhora de 5,8% na relação de troca para recriadores e invernistas. 

Para o curto prazo, tanto o mercado de reposição, como o mercado do boi gordo, devem diminuir o ritmo dos negócios devido ao período de final de ano. Logo, as cotações também não devem ter grandes mudanças nesse período.

Já em 2019, com a retomada da normalidade do mercado há uma tendência de menor firmeza para as cotações da arroba do boi gordo e, pelo lado da reposição, os preços devem ganhar força, pois a maior capacidade de suporte dos pastos permite a retenção dos animais por parte dos vendedores. 

Esse cenário, se confirmado, pode impactar no poder de compra de recriadores e invernistas.

 

Tags:
Fonte: Scot Consultoria

Nenhum comentário