JBS e mais três empresas são acusadas de conspiração contra criadores de gado dos EUA

Publicado em 24/04/2019 14:59
261 exibições

Quatro das maiores empresas de empacotamento de carne bovina que operam nos Estados Unidos foram acusadas nesta terça-feira (23) de violarem a legislação federal antitruste, conspirando para reduzir preços que pagavam aos pecuaristas pelo gado, mesmo com os valores da carne de varejo rondando níveis recordes.

Tyson Foods, Cargill, a unidade norte-americana da JBS e a National Beef Packing foram acusadas de conluio desde janeiro de 2015 para suprimir o preço de gado alimentado, que é o animal criado especificamente para produção de carne, com objetivo de expandirem margens e a lucratividade.

A reclamação de 104 páginas, feita pelo Fundo de Ação Legal dos Pecuaristas Unidos da América (R-Calf, na sigla em inglês) e por outros quatro fazendeiros, foi protocolada na corte federal de Chicago, e busca indenizações compensatórias e punitivas.

>> Leia notícia completa em AgroNews Brasil. 

Tags:
Fonte: AgroNews Brasil

1 comentário

  • Eduardo Ferraz Pacheco de Castro Cuiabá - MT

    Viu como nos Estados Unidos a Lei funciona?
    Assim como no caso dos Investidores da Petrobrás indenizados em território americano.
    Exemplo não falta pra o Brasil avançar.
    Vamos fazer a nossa parte?
    (fundo de ação legal dos PECUARISTAS UNIDOS da América)

    1