Diretoria da CNA e presidentes de Federações visitam propriedade de pecuária de corte no oeste baiano

Publicado em 30/10/2019 17:29
73 exibições

A Diretoria Executiva da CNA e presidentes de Federações de Agricultura e Pecuária iniciaram, na terça (29), as visitas às propriedades rurais de Santa Rita de Cássia, Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, regiões conhecidas pela inovação tecnológica no oeste da Bahia.

O objetivo da visita é mostrar experiências bem sucedidas na incorporação de tecnologias à produção agropecuária e como estas iniciativas ajudaram a proporcionar o crescimento da economia regional e melhoraram a rentabilidade do produtor rural baiano.

“Viemos aqui conhecer um pouco do Brasil que dá certo e que está indo pra frente graças à determinação do produtor", destacou o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), Humberto Miranda, destacou a importância de levar representantes de vários estado ao oeste baiano. 

"Quero parabenizar o presidente da CNA pela iniciativa porque nós unimos o Brasil. É muito importante trazer aqui federações de vários estados para trocarmos informações e conhecimento de uma forma bem próxima".

No primeiro compromisso, a comitiva foi à Fazenda Ipê, em Santa Rita de Cássia, do pecuarista Stefan Zembrod, que fez uma apresentação sobre o processo produtivo e as tecnologias adotadas na propriedade.

O local é conhecido pela produção sustentável dos gados Nelore e Angus, onde são realizadas todas as etapas, desde a inseminação até a comercialização da carne. O Grupo Ipê atua em toda a cadeia produtiva da pecuária.

A propriedade também tem autossuficiência energética a partir da fabricação de biogás e biodiesel, além de fabricar a própria ração a partir do esmagamento do algodão para nutrição do rebanho confinado. No local também é adotada a rotação de pasto para respeitar o crescimento de cada tipo de capim e o confinamento fechado na recria e engorda.

“O grande diferencial aqui é a sustentabilidade. Nada se perde. Procuramos aproveitar tudo", explicou o proprietário Stefan Zembrod. A Fazenda Ipê tem 12 mil hectares e abate 10 mil cabeças de gado por ano.

Para o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras, Moisés Schmidt, o oeste da Bahia pode ser referência para outras regiões. “Temos muito a aprender, mas também temos muito a ensinar. Com tecnologia e com o apoio do Senar podemos ter resultados satisfatórios e retorno dos nossos investimentos”, ressaltou.

Integram a comitiva 11 presidentes de Federações (AC, BA, CE, DF, ES, MG, MS, PB, SC, SE e TO) e dois vice-presidentes (MA e PI), além do diretor geral do Senar, Daniel Carrara, a diretora de ATeG, Andréa Barbosa, o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi, diretores da Faeb e dos sindicatos de Barreiras e de Luís Eduardo Magalhães e dirigentes de entidades setoriais.

Tags:
Fonte: CNA

0 comentário