CNA debate retirada da vacina contra febre aftosa no AC, RO, AM e MT

Publicado em 25/11/2019 13:35
145 exibições

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participou, em Rio Branco (AC), da 5ª reunião do Bloco 1, do Plano Estratégico 2017-2026 do Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa (PNEFA).

O encontro promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) aconteceu na quinta (21), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre (Faeac).

Segundo a coordenadora de Produção Animal da CNA, Lilian Figueiredo, o objetivo da reunião foi discutir os avanços e os desafios para a retirada da vacinação contra a febre aftosa nos estados que compõem o Bloco 1 (Acre, Rondônia e parte do Mato Grosso e do Amazonas).

“Foi uma oportunidade de conhecer o andamento do plano de ação para a retirada da vacinação nesses estados. Já houve uma grande evolução nas ações desde março, quando ocorreu a última reunião do bloco”, disse Lilian.

De acordo com o calendário do PNEFA, a última etapa de imunização do rebanho bovino e bubalino do bloco será neste mês. Em março de 2020, o Ministério da Agricultura vai avaliar novamente a evolução dos estados para decidir se o calendário previsto será cumprido ou não.

“O estado tem feito seu dever de casa para cumprir as metas do Ministério. Essa reunião foi importante para alinhar as ações do programa e definir o que ainda precisa ser feito. Nós vemos com muito otimismo essa caminhada em busca do status de país  livre de aftosa sem vacinação”, destacou o presidente da Faeac, Assuero Veronez.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (Faea), Muni Lourenço, afirmou que a retirada da vacina vai valorizar a pecuária da região. “Estamos caminhando para a reta final desse processo. Será um resultado muito positivo para toda a cadeia produtiva”.

Tags:
Fonte: CNA

0 comentário