Boi: ano é marcado por preços recordes

Publicado em 27/12/2019 10:11
153 exibições

O ano de 2019 deve ser lembrado por muito tempo pela pecuária nacional. Segundo pesquisadores do Cepea, depois de atravessarem o primeiro semestre registrando pequenas oscilações, os preços do boi gordo e da carne passaram a subir no início do segundo semestre, sendo alavancados em novembro, quando atingiram recordes reais.

Já em dezembro, os valores se enfraqueceram, mas, ainda assim, encerraram o ano em patamares elevados. Pesquisadores do Cepea indicam que, ao longo do período, ficou evidente ao setor a importância da atuação no front externo e nos nichos de mercado. Novas plantas frigoríficas foram habilitadas para exportar a carne à China, principal destino do produto brasileiro. Segundo dados da Secex, as exportações de carne estiveram acima das 100 mil toneladas o ano inteiro, atingindo recordes de volume e de receita.

Com a procura doméstica ainda fragilizada na maior parte do ano devido ao baixo poder de compra da população, as exportações acabaram ajudando a escoar a produção e a sustentar os valores internos da arroba e da carne. 

Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário