Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 06/08/2008 18:15 1619 exibições
 

Lygia Maria Pimentel

médica veterinária

Scot Consultoria




Mercado firme, mas com pressão de baixa em algumas praças consultadas.


As escalas estão um pouco mais longas quando comparadas à semana passada e chegam a alcançar 6 dias em São Paulo, por exemplo. No Mato Grosso do Sul, as escalas atendem cerca de uma semana.


Em São Paulo, os negócios com o boi gordo ocorrem mediante o pagamento de R$94,00/@, a prazo, para descontar o funrural. No entanto, em função das escalas um pouco mais confortáveis, alguns frigoríficos abriram ordens de compra mais baixas, na tentativa de pressionar o mercado para baixo.


No Mato Grosso do Sul a oferta de gado aumentou nos últimos dias. Os pecuaristas que mantinham os animais em semi-confinamento acabaram optando pela venda dos mesmos. As chuvas provocaram a rebrota dos pastos e o gado começou a perder peso porque passou a comer a rebrota ao invés da ração. Mesmo assim, os negócios oscilam entre R$88,00/@ e R$90,00/@, a prazo, para descontar o funrural.


O preço do boi gordo subiu para R$85,00/@, a prazo, para descontar o imposto no Sudoeste do Mato Grosso.


Também foi verificada uma variação positiva no Sudeste de Rondônia, onde a cotação passou para o patamar de R$82,00/@, nas mesmas condições.


Os preços no atacado permanecem estáveis.

 

Fonte: Scot Consultoria

Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário