Mato Grosso ganha reforço no combate à febre aftosa

Publicado em 20/11/2008 17:37 1126 exibições
Mais de duzentos agentes sanitários foram credenciados pelo Instituto Mato-grossense de Defesa Agropecuária para atuarem no combate à febre aftosa no Estado, na terceira etapa de vacinação, que ocorre até o próximo dia 30. Eles reforçam o quadro de servidores do instituto e devem atuar principalmente em propriedades rurais de assentamentos, bem como auxiliar nos serviços naquelas inseridas em áreas de risco.

Os agentes foram distribuídos entre as cidades de Alta Floresta (1), Cáceres (5), Peixoto de Azevedo (4), Rondonópolis (2), Tangará da Serra (5), Nova Mutum (2), Juara (4), Sorriso (3), e outras. Os contratos terão vigência de um mês, enquanto vigorar a campanha.

O supervisor regional, em Sinop, José Carlos Balbo, ressalta que agentes auxiliarão o Indea no monitoramento de ações contra a doença, fiscalizando a vacinação e encaminhando a comunicação ao instituto. Segundo Balbo, os profissionais contratados temporariamente foram treinados por meio de cursos com parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). As despesas devem ser custeadas pelo Fundo Emergencial da Febre Aftosa (FEFA), órgão responsável pela execução do programa de erradicação da doença.

"Os assentamentos serão prioridade e estes agentes conhecem a realidade de onde estarão", declarou o representante, ao Só Notícias/Agronotícias.

Greve

Mesmo com a greve dos servidores do Indea no Estado, José Carlos Balbo salienta que o trabalho realizado na campanha não será prejudicado. Ele justifica que até o final do mês pecuaristas aplicarão as doses nos bovinos e bubalinos, de mamando a caducando, e, somente a partir de dezembro, o instituto recebe as comunicações e promove o levantamento dos criadores que não cumpriram o procedimento.


Fonte: SóNotícias
Tags:
Fonte:
SóNotícias

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário