Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 08/12/2008 19:02 1340 exibições

Lygia Maria Pimentel
médica veterinária

Scot Consultoria

 

 

 

O mercado está travado.

 

O movimento de baixa segue forte, mas nesta segunda-feira a maioria dos frigoríficos está fora das compras, deixando o mercado sem referência de preços em muitas das praças pesquisadas.

 

Em São Paulo o boi gordo segue cotado em R$86,00/@, a prazo, para descontar o imposto. As escalas não apresentaram evolução se comparadas à sexta-feira (5/12), e os poucos frigoríficos que continuam comprando aproveitam a diminuição da concorrência para tentar alongar sua programação de abate.

 

Algumas empresas aumentaram o preço da vaca gorda, na tentativa de tentar comprar as fêmeas e compensar o baixo volume de negociação de machos. Exemplo disso é Belo Horizonte – MG, onde a cotação da vaca subiu para R$76,00/@, a prazo, livre do funrural.

 

No Mato Grosso o mercado continua travado devido à greve do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado do Mato Grosso (INDEA). A expectativa é que as atividades sejam retomadas ainda hoje.

 

No Pará também houve baixa. Em Redenção o boi hoje está cotado em R$72,00/@, a prazo, para descontar o funrural e em Marabá está cotado em R$74,00/@, nas mesmas condições.

 

No mercado atacadista de São Paulo os preços estão estáveis. As vendas correram bem nos últimos dias e possivelmente ocorrerão reajustes ao longo da semana.



Fonte: Scot Consultoria
Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário