Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 12/01/2009 21:12 1253 exibições

Lygia Maria Pimentel
médica veterinária

Scot Consultoria

 

 

 

O mercado continua lento nesta segunda-feira.

 

Após uma semana em que a oferta se apresentou um pouco melhor, as programações de abate seguem mais longas e as empresas aproveitam para reduzir as ordens de compra. Muitas estão fora do mercado e em algumas praças não há para quem vender, como é o caso de Goiás e na região Norte do Mato Grosso.

 

Em São Paulo a arroba continua cotada em R$86,00, a prazo, para descontar o imposto e as escalas atendem, em média, 5 dias. As ordens de compra reduzidas e a saída de várias empresas do mercado sugerem uma pressão de baixa que se aproxima, mas a oferta ainda é restrita. Pouquíssimos frigoríficos ainda possuem gado confinado e não existe oferta de animais de pasto.

 

Vale destacar que os abates continuam reduzidos.

 

No mato Grosso do Sul, regiões de Dourados e Campo Grande, as cotações do boi gordo caíram. Hoje a arroba é negociada a R$79,00, a prazo, para descontar o imposto. O valor pago pela arroba da vaca gorda também caiu para R$71,00, nas mesmas condições.

 

No mercado atacadista de São Paulo, o valor do traseiro caiu para R$6,60/kg e a vaca casada para R$4,90/kg. As vendas estão lentas e há expectativa de alta para os cortes de dianteiro.


Fonte: Scot Consultoria

Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário