Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 14/01/2009 21:09 1168 exibições

Lygia Maria Pimentel
médica veterinária

Scot Consultoria

 

 

 

Semana com poucos negócios realizados.

Após a alta registrada para a arroba do boi gordo na semana passada, os frigoríficos alongaram suas escalas e começaram a pressionar o mercado para baixo em quase todo o país.

 

Em São Paulo, os compradores encontram dificuldade para efetuar os negócios. Após a queda nos preços a oferta ficou bastante reduzida. Hoje o boi gordo está cotado em R$84,00/@, a prazo, para descontar o funrural, mas ocorrem negociações a valores mais altos. As escalas atendem 4 a 6 dias, em média.

 

No Triângulo Mineiro, as cotações caíram e o boi gordo está cotado em R$79,00/@, a prazo, para descontar o imposto. A falta de chuvas força os produtores a entregarem o gado que está nas pastagens mais fracas, o que faz com que a oferta melhore. Mas essa situação acaba comprometendo o volume e a qualidade do gado que deveria ser entregue nas próximas semanas.

 

No Mato Grosso do Sul, região de Três Lagoas, o preço pago pela arroba caiu para R$79,00, a prazo, para descontar o imposto. De um modo geral as compras estão boas no Estado e o volume de gado direcionado para São Paulo é grande.

 

Uma nova queda foi registrada no mercado atacadista de São Paulo. Hoje o traseiro casado está cotado em R$6,50/kg e o dianteiro em R$3,90/kg.



Fonte: Scot Consultoria

Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário