Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 15/01/2009 21:23 1175 exibições

Maria Gabriela O Tonini
médica veterinária

Scot Consultoria

 

 

 

A pressão de baixa se intensificou, pois as compras fluíram melhor nos últimos dias. Mas recuos, de fato, só foram registrados em algumas praças. Em boa parte das regiões, o pecuarista tem resistido, mesmo porque a oferta está enxuta.

Em São Paulo ocorrem negócios com o boi gordo entre R$84,00/@ e R$85,00/@, a prazo, para descontar o funrural, o equivalente a R$82,00/@ e R$83,00/@, a prazo, livre do imposto. A maior parte dos frigoríficos tem cerca de uma semana de escala, com falhas.

 

A oferta pequena no Rio Grande do Sul deu sustentação a correções positivas. Hoje os preços do boi gordo em Erechim e em Pelotas variam de R$2,60/kg a R$2,70/kg (o equivalente a R$78,00/@ e R$81,00/@), sendo que existem negócios esporádicos em até R$2,80/kg (R$84,00/@). Os frigoríficos do extremo-Sul contavam com a oferta de boi gordo do Uruguai para o preenchimento das escalas de abate, mas a disponibilidade de gado no País vizinho também diminuiu.

 

No mercado atacadista de São Paulo os preços caíram novamente. O traseiro está cotado em R$6,40/kg e o dianteiro em R$3,80/kg (casado) e R$3,70/kg (avulso). O preço do traseiro despencou 17% desde a semana passada, quando estava em R$7,70/kg.



Fonte: Scot Consultoria

Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário