Rio Grande do Norte: bois e búfalos devem ser vacinados até 30 de abril

Publicado em 06/04/2010 09:18 508 exibições
O rebanho de bois e búfalos do Rio Grande do Norte deve ser vacinado contra a febre aftosa até o final deste mês. São mais de 922 mil cabeças em 49 mil propriedades rurais, a maioria concentrada na região do Seridó, que inclui os municípios de Acari, Caicó, Carnaúba dos Dantas, Cerro Cora, Currais Novos, Jardim do Seridó e Parelhas.

Na última etapa da campanha, realizada em outubro passado, 81,88% do rebanho foi imunizado. O responsável pelo Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (Pnefa) no Rio Grande do Norte, Eleu Oliveira Pereira, explica que a defesa sanitária animal do estado está trabalhando para aumentar essa cobertura vacinal. “Nós procuramos orientar os produtores sobre a importância da campanha, mesmo em período de seca, quando os animais estão mais magros. A resposta da vacina é a mesma nessa situação”, afirma.

Após imunizar os animais, o dono da propriedade tem 15 dias para apresentar o comprovante de vacinação a uma das treze unidades do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Rio Grande do Norte (Idiarn) ou em um dos 150 escritórios da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), nas prefeituras municipais.

Região Nordeste - Além do Rio Grande do Norte, Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco e Piauí são classificados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), como áreas de risco médio para a febre aftosa. Apenas Bahia e Sergipe já avançaram no status e são reconhecidos como livres da doença com vacinação.
Tags:
Fonte:
Mapa

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário