JBS mostra força na fatia argentina da cota Hilton

Publicado em 19/04/2010 10:15 1225 exibições

A brasileira JBS, maior produtora de carne bovina do mundo, ficou com a maior fatia na divisão da cota argentina para exportação de carne bovina tipo premium com tarifa especial mais vantajosa para a União Europeia.

A unidade da JBS na Argentina terá permissão para embarcar 3 mil toneladas dentro da cota Hilton até 30 de junho, de acordo com informações publicadas no Diário Oficial do país. É a maior quantidade entre os 70 frigoríficos com sede na Argentina. A unidade Quickfood, controlada pela também brasileira Marfrig, recebeu autorização para exportar, com o benefício, 1.241 toneladas.

A Argentina, terceiro maior país produtor de carne bovina do mundo, e o primeiro em consumo per capita, recebeu, como de costume, aproximadamente 50% da cota total de 58 mil toneladas, que foi dividida entre oito países. As outras nações que receberam permissão para exportar o produto para a União Europeia foram Canadá, Estados Unidos, Brasil, Paraguai, Uruguai, Nova Zelândia e Austrália. O Brasil, que ainda enfrenta restrições da UE por conta de casos de febre aftosa registrados no fim de 2005, não vem conseguindo cobrir inteiramente os volumes que lhe vem sendo destinados pelos europeus nos últimos " anos-cota " .

O sistema cota Hilton foi criado para apoiar exportadores de países fora da Europa depois que o continente adotou subsídios agrícolas, em 1979. É a fatia que confere as maiores margens de lucro aos exportadores.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário