Liquidez do boi gordo na BM&F ainda é baixa perto de 2008

Publicado em 26/05/2010 12:54 575 exibições
Os compradores visam a proteção dos preços de compra da mercadoria, já que é um período de entressafra e normalmente as cotações sobem. Já os vendedores (pecuaristas) tentam garantir o preço de venda, considerando a possibilidade dos preços caírem, e com isso, terem suas margens diminuídas frente uma atividade de maior risco (os custos são mais altos para a produção do boi gordo na entressafra, quando existe necessidade de suplementação em função da pior condição das pastagens).

Justamente por ter mais interessados em comprar e em vender os contratos, a ação dos especuladores também acaba se tornando interessante. Quanto maior liquidez, melhor para esta categoria de participante.

Este ano, o contrato do boi gordo com vencimento em outubro começa a apresentar maior liquidez, mas ainda está longe do número de contratos abertos em 2008.

Os negócios a futuro estavam muito aquecidos em 2008, com os preços em alta e expectativas boas para o mercado. No entanto, com a crise do final deste ano, muita gente (especialmente especuladores) perdeu dinheiro apostando na Bolsa e o número de contratos abertos caiu significativamente em 2009.

Em 2010, aos poucos, o número de contratos abertos com vencimento em outubro voltam a crescer. Passado o período de turbulência devido a crise, retorno de capital para investimento e perspectivas mais claras para o mercado do boi gordo, os contratos começam a aumentar novamente, já superando o volume de 2009.

Tags:
Fonte:
Pantanal News

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário