Pecuaristas do Mato Grosso cobram maior apoio do Governo Estadual

Publicado em 24/06/2010 08:44 242 exibições
Candidatos apresentaram soluções para a pecuária do Estado durante debate na Acrimat.
De acordo com Gilberto Porcel, presidente da Associação de Criadores de Gado Nelore em Mato Grosso, o governo do Estado só investiu em logística que beneficiasse a cultura da soja. Porcel e outros pecuaristas do Estado participaram de um debate, na segunda feira, 21 de junho, com o pré-candidato ao governo do Estado Wilson Santos e comitiva da coligação PSDB/DEM/PTB na sede da Acrimat, Associação dos Criadores de Mato Grosso.Este tipo de encontro tem sido realizado também com os pré-candidatos de outras coligações e o objetivo é conhecer as propostas de cada um para o setor.

Na oportunidade, os pecuaristas entregaram documentos com uma série de reivindicações que angustiam o setor produtivo do Estado. Os produtores também solicitaram uma posição de Wilson Santos sobre a questão ambiental.

O pré-candidato da coligação PSDB/DEM/PTB se comprometeu a tratar a pecuária de forma igualitária em relação à soja e outras culturas e sugeriu a volta do Programa de Melhoramento da Pecuária Mato-grossense, afirmando que o programa estimulava o abatimento do novilho precoce reduzindo a carga tributária sobre ele. Santos também defendeu uma postura de apoio e parceria na linha de frigoríficos para que impedir o abre e fecha desses empreendimentos.

No mesmo evento, Antero Paes de Barros, que tenta se eleger novamente para o Senado, apresentou sua proposta de criar um fundo de investimento especial para os agropecuaristas da região do Pantanal. A proposta consiste em estabelecer um crédito diferenciado para a área do baixo Pantanal, semelhante ao que já é oferecido pelo Governo Federal à região do semi-árido do Nordeste. Para esta região, os recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) são liberados com juros de apenas 3% ao ano, enquanto que para as outras regiões os juros chegam a 6,5%. "Com o crédito diferenciado, nós vamos incentivar o desenvolvimento da pecuária no pantanal mato-grossense", afirmou.

Tags:
Fonte:
Só Notícias

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário