Boi: cenário físico ainda reflete firmeza e dificilmente mudará no curto-prazo

Publicado em 23/09/2010 14:06
393 exibições

O cenário físico do boi ainda reflete firmeza e dificilmente mudará no curto-prazo, uma vez que a participação de animais de confinamento nas escalas já é bastante representativa, mostrando que a indústria absorve a oferta disponível (mesmo que tenha aumentado ligeiramente nos últimos dias) com
facilidade.
As escalas atendem entre 3 e 5 dias úteis em São Paulo, sendo que ainda observase reações nas praças vizinhas, encurtando os diferenciais de base e distorcendo-os em relação às médias históricas.
Um movimento notado hoje foi o aumento dos preços oferecidos pela vaca gorda e diminuição do diferencial entre boi/ vaca em alguns Estados. Essa pode ser uma tentativa de preencher as escalas com fêmeas sem pressionar para cima as cotações do boi.
O primeiro turno do confinamento não satisfaz o apetite da indústria. As especulações agora começam a girar em torno do segundo.

Clique aqui e confira a análise na íntegra.

Tags:
Fonte: XP Agro

Nenhum comentário