Falta gado para abater em MT

Publicado em 05/10/2010 10:52
392 exibições
A alta no preço da carne de boi vai ser ainda mais perceptível a partir deste mês em virtude do atraso na oferta de animais. Com a falta de chuvas e as queimadas, os bois demoram mais para engordar e por isso o gado que iria ser abatido agora vai ficar mais algum tempo no pasto. Somente no último mês, a arroba do boi gordo aumentou até 16,75% em Mato Grosso. O superintendente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vacari, diz que a elevação de preço neste período do ano é comum e uma consequência da estiagem. "Só agora começou a chover e são pelo menos mais 30 dias para o pasto ficar bom. Somente depois disso o gado começa a engordar", afirma Vacari ao comentar que a alta será consequência da falta de oferta.

Quanto às exportações, que registram aumento de 75% na receita em um ano, Vacari diz que isso não interfere no preço da carne no varejo. "Exportamos entre 20% e 30% do que produzimos, isso não é suficiente para impactar na oferta do produto no mercado interno. Além disso, há uma discrepância entre a valorização da arroba e do quilograma comercializado".

De acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), em agosto as exportações movimentaram R$ 75 milhões, sendo que há um ano este mercado movimentava em torno de R$ 40 milhões. Segundo o técnico do Imea, Daniel Latorraca, este aumento é consequência da retomada das exportações.

Confinamento - O Imea está realizando o terceiro levantamento sobre o confinamento em Mato Grosso. A leitura deverá confirmar, ou não, a queda de 15% no rebanho registrado em agosto deste ano. Luciano Vacari diz que a expectativa é este número não se confirme, visto que houve uma recuperação de mercado. "Com a melhora no preço da arroba, pode ser que alguns confinadores tenham resolvido investir. Antes os custos não compensavam em virtude do baixo preço de revenda". No levantamento apresentado em agosto, o Imea apontou uma tendência de redução de cerca de 630 mil cabeças para aproximadamente 530 mil cabeças confinadas.
Tags:
Fonte: Gazeta Digital

Nenhum comentário