Boi gordo: No Brasil, um produto em alta e com maior peso nos gastos

Publicado em 28/10/2010 07:32
567 exibições
O indicador Esalq/BM&FBovespa para a arroba do boi gordo negociada no Estado de São Paulo subiu 2,86% ontem, para R$ 110,68, e ampliou o recorde histórico de terça-feira (R$ 107,60). A ascensão reflete um quadro de oferta mais escassa com uma demanda ainda aquecida, apesar de o elevado patamar de preços estar motivando a transferência de parte do consumo de carne bovina para as carnes de frango e suína.

Mesmo assim, a tendência de aumento de renda da população garantiu à carne bovina novo status nas mesas dos paulistas. Dados do IBGE compilados pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA) apontam que o produto liderou os gastos com alimentação nos domicílios do Estado com renda mensal de até dois salários mínimos no biênio 2008-2009. No período 2002-2003, a liderança ficou com o arroz.
Tags:
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário