Abates de animais crescem no trimestre

Publicado em 20/12/2010 06:58 277 exibições
Os abates de animais para consumo no Brasil encerraram o terceiro trimestre em alta na comparação com o mesmo intervalo de 2009, de acordo com dados do IBGE divulgados na sexta-feira.

No caso dos bovinos, os abates totalizaram 7,394 milhões de cabeças, uma alta de 2,6% frente a igual trimestre do ano passado. No acumulado até o terceiro trimestre deste ano, os abates foram 7,1% superiores ao do mesmo período de 2009, de acordo com o levantamento.

Mato Grosso continuou na liderança entre os Estados, tendo abatido 14,1% de toda a produção bovina nacional, mesmo com a retração de 5,6%. A queda, no entanto, foi compensada pelas regiões Sul e Sudeste. "Rio Grande do Sul e Paraná apresentaram aumentos de 29% e 25,1%, e São Paulo, 3,6%", diz o instituto.

Já os abates de frangos somaram 1,283 bilhão de unidades, 1,3% mais que no mesmo intervalo de 2009 e 3,8% acima do segundo trimestre deste ano. Segundo o IBGE, o desempenho coloca a produção de frangos "em novo patamar histórico, superando o resultado obtido há 12 meses". No acumulado deste ano até setembro, o abate foi também 4,7% superior ao de 2009.

O abate de suínos, que nos últimos anos apresenta tendência altista, alcançou novo patamar recorde, afirma o IBGE. Foram 8,308 milhões de cabeças, crescimento de 2,9% em relação ao segundo trimestre e de 2,5% quando comparado com o período de julho a setembro de 2009.

O IBGE divulgou ainda que os laticínios adquiriram 5,191 bilhões de litros no terceiro trimestre, alta de 6% sobre o terceiro trimestre de 2009. Já as aquisições de couro bovino recuaram 6,1% sobre o mesmo trimestre de 2009, para 6,417 milhões de peças.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário