Café na semana: Avanço na colheita e demanda desaquecida trazem baixas ao mercado

Publicado em 24/08/2012 10:40 546 exibições
Comercialização dos grãos continua lenta
O mercado do café continua registrando baixas nas cotações em Nova York, impulsionadas pelo avanço na colheita brasileira e pelas incertezas do cenário financeiro,  que trouxe uma demanda acuada nas últimas semanas.O mercado físico brasileiro também já sente essa queda.

"O café brasileiro está muito valorizado, e de certa forma isso ajuda a esvaziar o mercado físico e contribui para uma queda nos preços lá fora", diz Gil Carlos Barabach, analista da Safras e Mercado.

Conforme os grãos começam a ser colhidos, a oferta de café no mercado se torna maior, o que contribui para o atual cenário baixista. Além do avanço no processo de colheita, a lentidão nas vendas também caracterizou a semana, e o mercado está sem forças para subir devido à falta de movimentação dos compradores.

As vendas estão mais criteriosas também, e os produtores se mostram mais atentos e sem afobação ao ofertar seus lotes, dosando as vendas e aguardando por preços melhores. Para Barabach, o cafeicultor precisa ter cuidado com essa postura.  "Não dá para apostar muito para frente também, porque queira ou não ainda estamos em um cenário de crise", diz.

De acordo com o analista, a situação pode mudar com a chegada da segunda quinzena de setembro, quando o mercado começa a olhar para a florada e para a safra de 2013.A curto prazo, no entanto, o cenário é de estabilidade com um leve viés de queda. 
Tags:
Por:
Thaís Jorge
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário