Governo decide redirecionar recursos do Funcafé atendendo operações de custeio

Publicado em 08/01/2013 13:28 604 exibições
A medida atende expectativa do setor cafeeiro em operações de custeio.
O Conselho Monetário Nacional (CMN) divulgou na segunda-feira, 7 de janeiro, o redirecionamento de recursos do exercício de 2012 do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). Em reunião extraordinária realizada na sexta-feira (4), o CMN ampliou os recursos para custeio de R$ 550 milhões para R$ 730 milhões e reduziu o financiamento para contratos de opções e de operações em mercados futuros de R$ 50 milhões para R$10 milhões.

O aumento de R$ 180 milhões será viabilizado mediante remanejamento de R$ 40 milhões previstos para financiamento de contratos de opções e de operações em mercados futuros. Outros R$ 40 milhões sairão da linha de recuperação de cafezais danificados e R$ 100 milhões da linha extraordinária de crédito destinada à composição de dívidas.

De acordo com o secretário de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Gerardo Fontelles, “como a utilização destas linhas não eram muito demandadas e como neste momento a maior procura é por operações de custeio, fizemos a solicitação ao CMN, que beneficiará todo o setor da cafeicultura”.
Tags:
Fonte:
Mapa

0 comentário