Publicidade

CMN aprova a distribuição dos recursos recordes do Funcafé

Publicado em 19/06/2013 08:35 718 exibições

A linha de financiamento para a aquisição de café foi reforçada e chega a R$ 500 milhões. A novidade é capital de giro para as cooperativas de produção.

O orçamento de R$ 3,160 bilhões previstos no Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) foram distribuídos em linhas de financiamentos de apoio ao setor cafeeiro, conforme resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) reunido extraordinariamente nesta terça-feira, 18 de junho. Os outros R$ 20 milhões previstos, totalizando R$ 3,180 bilhões, serão utilizados conforme demanda futura do setor.

De acordo com o secretário de Produção e Agroenergia, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, João Alberto Paixão Lages, a aprovação dos recursos do Funcafé é a maior liberação da história do Fundo e representa 6,32 vezes a mais na comparação com os últimos dez anos.

Publicidade

“Com a sensibilidade e o esforço do ministro da Agricultura, Antônio Andrade, e também da presidente da República, Dilma Rousseff, em atender as reivindicações do agronegócio Café, os recursos atenderão plenamente às demandas da produção, indústria e exportadores de café”, disse o secretário.

Conforme a resolução do CMN, foram destinadas para as operações de crédito de custeio até R$ 650 milhões; para estocagem, R$ 1,140 bilhão; para financiamento para aquisição de café, R$ 500 milhões; para financiamento de contratos de opções e operações em mercados futuros, R$ 50 milhões e para recuperação de cafezais danificados, R$ 20 milhões.

Também foram distribuídos recursos para o financiamento de capital de giro para as indústrias de café solúvel de até R$ 150 milhões. Já para as indústrias de torrefação de café, até R$ 200 milhões, e para as cooperativas de produção, R$ 450 milhões. Os valores passam a vigorar no dia 1º de julho, quando os recursos estarão disponíveis nos bancos credenciados.

Tags:
Fonte:
Mapa

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário