Café: Ritmo de negócios volta a diminuir

Publicado em 10/10/2013 10:13
822 exibições

As cotações internas e externas do café arábica tiveram apenas pequenas modificações nos últimos dias. De acordo com pesquisadores do Cepea, essa estabilidade nos valores do grão fez com que o mercado físico nacional voltasse a registrar baixa liquidez. Vendedores nacionais estão bem retraídos, já que consideram baixos os atuais patamares de preços, negociando apenas em momentos de maior necessidade. Entre 2 e 9 de outubro, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, posto na capital paulista, teve queda de 0,7%, fechando a R$ 256,75/saca de 60 kg, na quarta-feira, 9. Com relação ao mercado de robusta, as cotações da variedade têm recuado. O Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 acima fechou, na quarta-feira, 9, a R$ 216,99/saca de 60 kg, baixa de 2% em relação à quarta anterior.

Tags:
Fonte: Cepea

1 comentário

  • MAURICIO DIAS campinas - TO

    É MUITO TRISTE, A SITUAÇÃO DA CAFEICULTURA NO BRASIL, NOTADAMENTE NO SUL DE MINAS, PESSOAS NECESSITANDO DO TRABALHO, PEDINDO DIARIAS TRODOS OS DIAS NAS PORTEIRAS, DISPENSA DE FUNCIONÁRIOS, E O CAFEICULTOR SEM SABER O QUE FAZER; SEGUEM COM OS TRATOS CULTURAIS OU NÃO? É SÓ INCERTEZAS E PREJUIZOS, A CAFEICULTURA ESTÁ FADATA ACABAR, QUE PENA, BRASIL!!

    0