INTERNACIONAL: Produtores de café do Vietnã seguram vendas de safra recorde

Publicado em 15/01/2014 14:33 552 exibições

Os produtores de café do Vietnã, o maior produtor da variedade Robusta, estão limitando suas vendas depois de colher uma safra recorde, na expectativa de conseguiram vender seu produto por preços melhores. 

De acordo com matéria publicada pela Bloomberg, eles pretendem segurar as vendas até o início do tradicional Festival Tet Lunar, que marca o ano novo no país, no dia 31 de janeiro. O café Robusta é usado principalmente na produção de café instantâneo por multinacionais como a Nestlé. 

Os cafeicultores pretendem vender apenas 33% de sua safra até o dia 28 de janeiro. A média de vendas para o período, nos últimos 5 anos, foi de 43% da safra, segundo informações de 12 analistas entrevistados pela Bloomberg.

Até o momento, foi vendida apenas 25% da safra de 1,7 milhões de toneladas. No mesmo período do ano passado, 33% da safra já havia sido comercializada. Os produtores geralmente aceleram suas vendas para conseguir renda antes do feriado do festival Tet Lunar.  

As cotações do Robusta no mercado futuro em Londres começaram a subir no mês passado, recuperando-se de três anos de preços baixos. Informações da Bolsa NYSE Liffe dão conta de que os estoques da variedade são os mais baixos desde 2002. 

Ao mesmo tempo, os estoques dos produtores de café do Vietnã continuam aumentando, segundo Ahn Minh Co., a maior empresa privada de comercialização.

“Graças a uma melhora nos preços nos últimos anos e ao acesso a financiamentos, os produtores não sofrem pressão para vender e podem esperar que o mercado atinja preços ideais”, afirmou Alexander Gruber, gerente de comercialização da Tong Teik Pte, empresa da RCMA Commodities Asia Pte. 

Safra recorde
Os estoques de café no Vietnã devem alcançar 3,82 milhões de sacas (ou 229.200 toneladas) no final do ano comercial que se iniciou em 1º de outubro. No ano de 2012-13, os estoques estavam em 1,97 milhões de sacas. O país deve vender por volta de 24,5 milhões de sacas de sua safra recorde de 28,5 milhões de sacas. O país asiático exportou 1,29 milhões de toneladas no ano passado, ou seja, 26% a menos que em 2012, segundo o Escritório Geral de Estatísticas.

Informações: Bloomberg

Tradução: Fernanda Bellei

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário