Cinturão cafeeiro do Brasil luta contra rara ameaça: calor e tempo seco

Publicado em 13/02/2014 06:58 e atualizado em 13/02/2014 07:54 627 exibições

No cinturão cafeeiro do Brasil, a geada costumava ser o maior risco para os fazendeiros e negociantes de commodities. Mas depois de anos de migração para regiões mais quentes, os agricultores agora se veem às voltas com a luta para superar um fenômeno raro: o calor escaldante.

Janeiro foi o mês mais quente e seco registrado até hoje em boa parte do Sudeste do Brasil, castigando culturas no coração agrícola do país e empurrando fortemente para cima os preços das commodities nos mercados mundiais.

Veja a notícia na íntegra no site da Reuters

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário