Café segue em alta na Bolsa de NY, mas opera com volatilidade

Publicado em 04/04/2014 09:37 843 exibições

Os futuros do café arábica negociados na Bolsa de Nova York dão continuidade ao movimento positivo de ontem e seguem operando em alta nesta sexta-feira (4). 

A volatilidade tem estado bastante presente nos negócios com o café no mercado internacional. Segundo analistas, isso se dá ainda em função das incertezas sobre o tamanho da safra brasileira e da cautela dos investidores para se posicionar à espera de informações mais concretas sobre as perdas.

O analista sênior Edward Bell, da consultoria Economist Intelligence Unit (EIU) disse, nesta quinta-feira (3), que enquanto o desenvolvimento da colheita não trouxer números mais concretos sobre a produção brasileira, as cotações devem continuam exibindo essa falta de direção.No entanto, espera que o preço médio do café arábica fique em 170 cents de dólar por libra-peso. 

“Nós recebemos notícias de que o clima melhorou no Brasil e que mais chuvas chegaram nas regiões produtoras, mas enquanto não tivermos informações claras sobre a dimensão dos danos causados pela seca, vamos esperar para fazer novas previsões”, explicou Edward.

Assim, por volta das 9h30 (horário de Brasília), as principais posições em Nova York subiam de 135 a 170 pontos. O contrato julho/14 era cotado a 178,40 centavos de dólar por libra-peso. 

Confirmações de perdas
As primeiras colheitas de café já se iniciaram esta semana na região de Carmo do Rio Claro, no Sul de Minas Gerais. De acordo com Fernando Barbosa, presidente do Conselho Regional de Café da região de Guaxupé-MG, os cafeicultores já apontam para grandes perdas. “Ainda não divulgaram números, mas os relatos são de perdas significativas na região... Na semana que vem, começaram as colheitas com máquinas, aí teremos uma ideia melhor sobre o tamanho da safra”. 

Barbosa diz acreditar que a saca de 60 kg continue sendo negociada na casa dos R$ 400,00, enquanto informações oficiais sobre a perda não forem divulgadas. “Acho que o preço não ficará abaixo dos R$ 400,00”.

 

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • victor angelo p ferreira victorvapf nepomuceno - MG

    Hoje andei na minha lavoura de café...Estou desanimado com o que ví...Cafés pretos da primeira florada,não granados que deverão sair junto com a palha na limpa...Grãos maduros, requeimados pela ação da seca...Grãos verdes que não sei se formarão daquí prá frente. O problema é que já estamos na arruação da lavoura, o que fará adiantar a maturação...Este adianto da maturação é que me preocupa também... Naturalmente poderia granar melhor, agora com a limpa debaixo do pé, faz com que force uma maturação, esta combinação não sei se será boa com a seca que tivemos...

    0