Café no mundo: alta nos preços de varejo

Publicado em 02/07/2014 11:33 e atualizado em 02/07/2014 12:43 635 exibições

Segundo o porta-voz Russ Dyer da Kraft Foods Group – maior empresa de alimentos dos Estados Unidos e segunda maior do mundo – o preço do seu café premium gourmet da marca Gevalia vai subir em 7%. O acréscimo vai acontecer a partir do dia 28 de julho, devido a aumentos sustentados no mercado de café verde. 

O arábica futuros teve ganhos de mais de 50% na Bolsa de NY no primeiro semestre deste ano, por conta das incertezas quanto ao volume da safra brasileira. 

No último mês, a Starbucks Corp também disse que vai aumentar os preços de algumas bebidas oferecidas em lojas norte-americanas em cerca de 1%, além de subir valores dos cafés embalados da marca, vendidos em supermercados e outros pontos de venda em mais de 8%. 

Expansão da exportação de café
O jornal Vietnam Economic Times publicou que a empresa do Kinh Do Corp – vietnamita produtora com ênfase em alimentos, inclusive, soft drinks – vai comprar ações da PhinDeli, sediada na cidade de Ho Chi Minh, para ajudar a expandir o mercado de exportação de café da empresa. 

Colômbia busca qualidade
Para obter aumento no consumo de café do país, especialistas colombianos acreditam que a qualidade da bebida também tem que crescer. 

“Na Colômbia, já conhecemos muitos casos de sucesso de como a qualidade e a certificação do café provocou entre os produtores lucros melhores e, se o consumo aumentar, esse valor agregado é necessário para se diferenciar em um mercado muito competitivo”, explicou Jaime Duque, diretor regional do Instituto de Qualidade de Café na Colômbia. 

O relatório do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) registrou uma colheita mundial de 147 milhões de sacas e um aumento no consumo de café em 2%.

Leia também:

>> Exportações de café crescem em junho

Tags:
Por:
Talita Benegra
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário