Rabobank divulga informações que dão suporte às cotações do café

Publicado em 02/07/2014 15:04 e atualizado em 02/07/2014 15:35 492 exibições
O texto reproduz informações de relatório divulgado pelo Rabobank nesta quarta-feira (02)

Informações do Rabobank deram um pequeno suporte às altas do café, minimizando o risco de um colapso no preço do café arábica e impulsionando também os valores do café robusta.

O banco disse que o impacto da seca no Brasil em relação às produções do café arábica foi menos acentuado do que o previsto com o avanço da colheita. Uma evidência disso é que o prêmio diminuiu em relação ao café robusta.

No entanto, o Rabobank manteve a projeção para a produção brasileira de 46 milhões de sacas, incluindo 28,5 milhões de sacas de café arábica, mas disse ser “ainda muito cedo pra determinar os volumes finais”.

Esta estimativa está na média-baixa da faixa analisada por especialistas, que indicam a partir de 40 milhões a 55 milhões de sacas.

Impactos permanecem

Outra razão que impulsiona a alta nas cotações é a recém-chegada do inverno no Brasil, quando o risco de geadas é grande. Além da estiagem que vai gerar impacto na safra do próximo ano, já que muitos ramos não desenvolveram.

“Os impactos da seca são esperados também na próxima temporada e devem restringir os rendimentos, o que provavelmente vai limitar a desvantagem do preço do café arábica”, divulgou o Rabobank.

A previsão do banco é que os futuros do arábica no trimestre fiquem na média de 175,00 centavos de dólar por libra-peso em Nova Iorque, um pouco acima do fechamento desta terça-feira (01) quando o vencimento setembro fechou em 170,95 cents/libra-peso.

Tags:
Por:
Talita Benegra
Fonte:
Agrimoney

0 comentário