Café no mundo: Exportações do Peru caem 67% no 1º trimestre devido a incidência de ferrugem

Publicado em 09/07/2014 11:20 272 exibições

A ferrugem – doença causada por fungo que pode destruir lavouras de cafés inteiras – tem causado muito prejuízo aos produtores peruanos. As ofertas já estão reduzidas e os embarques atrasados. As exportações do país caíram no segundo trimestre em 67% em comparação com o período anterior. Enquanto que os números de junho são mais assustadores, 3,2 mil toneladas, cerca de apenas um quinto das exportações realizadas no mesmo mês de 2013.

O Peru é o oitavo maior produtor mundial e fornecedor de café arábica - de melhor qualidade. Com a insuficiência de grãos, o premium nos portos tem se aproximado aos valores mais altos em três anos.

As regiões mais afetadas do país foram as plantações de baixa altitude, onde são mais vulneráveis ao fungo. A colheita dessas regiões foi iniciada em abril e já foi concluído que o rendimento dessas áreas caiu de forma abrupta.

Índia prevê crescimento da próxima safra em 13%
Segundo o Conselho de Café da Índia, as primeiras chuvas de monção nas principais regiões cafeeiras do país favoreceram a florada nas lavouras. Graças a esse fator climático favorável, a nova safra, que deve começar no final do ano pode ser 13% superior à passada, para um total de 5.745.833 sacas.

Esses números contrapõem a ideia de agricultores indianos (Karnataka Planters Association) que indicaram uma produção de café arábica 30% menor em relação à safra passada.

Tags:
Por:
Talita Benegra
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário