Geada não afetou o berço cafeeiro, mas queimou algumas folhas, veja imagens:

Publicado em 08/08/2014 14:27 627 exibições

Nas regiões de bebida de qualidade boa no Estado de Minas Gerais, em Nova Resende, São Pedro da União, Bom Jesus da Penha e Juruaia tiveram uma pequena geada nesta sexta-feira (08), porém ocorreram nas baixadas, não afetando o parque e berço cafeeiro. Na avaliação dos produtores não provocou nenhum prejuízo para o café, apenas algumas requeimas nas folhas novas, mas nada impactante. 

10544913_671156102974256_1631299728_n.jpg?oh=153387b3b39c66a029fcaf73adc3d279&oe=53E758A5&__gda__=1407649013_48e1ce5d933e5a43a24711de119f80ab

 

10574734_671155296307670_1051488347_n.jpg?oh=622cde54911e872c19844070cd12e599&oe=53E72C67&__gda__=1407664119_b0f9edde8e0fc351850d6d53a0571737

10589090_671154212974445_795824703_n.jpg?oh=7b7180d417e97c45009dd3462b90f5d9&oe=53E6CF53&__gda__=1407649486_7232f5a657b50aedfa39ad1e997af306

Na avaliação geral, a produção de 2014 será reduzida acima dos relatos de quebra de safra provocados pela seca em meados de janeiro até 12 de fevereiro 2014, sabendo que no ano teria uma possibilidade da vinda do fenômeno El Niño, a produção teve uma aceleração na colheita e os resíduos apareceram em grandes quantidades. Agora, teremos redução de cafés de qualidade, quebra de 35% do estimado pelos analistas e mesmo assim, o mercado segue espremido pela volatilidade, crendo ainda que teremos uma produção boa. 

Está começando aparecer no lugar das flores, folhas e galhos. O fechamento da colheita deve ser de enorme redução da quantidade do produto. Conversando com os caminhoneiros, eles relataram que em outros anos como 2012 faziam 120 viagens, já no ano passado fez-se apenas 70 viagens e agora em 2014 apenas 20 viagens.

Tags:
Fonte:
Fernando Barbosa

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • victor angelo p ferreira victorvapf nepomuceno - MG

    Melhor que qualquer informe de safra é o caminhoneiro. Não tem erro, o informe é correto e indiscutível...Quer saber da quebra? Pergunte ao caminhoneiro...

    0