Café: Perdas na safra 14/15 de arábica podem chegar a 65% no PR

Publicado em 28/08/2014 10:21 e atualizado em 28/08/2014 11:32 585 exibições

Com a colheita de café arábica da safra 2014/15 entrando na reta final nas principais regiões do Brasil, produtores já mensuram o percentual de quebra na produção, em decorrência da forte seca deste ano – que vai de 65% (Noroeste do Paraná) a 15% (Mogiana), a depender da região produtora.

Neste cenário, a safra do Brasil deve totalizar volume consideravelmente inferior ao colhido em 2013/14 e também frente ao estimado em janeiro pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento). Naquele mês, a Companhia divulgou que a produção nacional (arábica e robusta) esperada em 2014/15 poderia totalizar entre 46,53 e 50,15 milhões de sacas de 60 kg. Já em maio, a Companhia reduziu a estimativa para 44,6 milhões de sacas, 9,3% inferior ao colhido em 2013/14.

Quanto ao mercado, nos últimos dias os preços externos do arábica subiram com força em razão das expectativas de quebra de safra no Brasil, o que também impulsionou os valores domésticos. Na quarta-feira, 27, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto em São Paulo, fechou a R$ 457,56/saca de 60 kg, alta de 8,8% em relação à quarta anterior, 20. 

Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário